Novas Obras

Novas Obras
Criei um álbum virtual com as imagens das minhas produções utilizando a técnica de pintura em tecido. Todas foram produzidas no Curso de Pintura em tecido que fiz, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação de Castelo. Adorei essa técnica. A paleta de cores permite ao artista aproximar o que está sendo retratado a sua forma real. Dê uma olhadinha! O endereço: www.flickr.com/photos/fotosquefiz.

Fazendo Arte e Comemorando o Dia das Mães

Fazendo Arte e Comemorando o Dia das Mães
As crianças produziram um trabalho temático que teve como objetivo o uso de material diversificado para comemorar a data do Dia das Mães. Colagem de tecido e bombom em cartolina. Uma forma diferente de se manifestarem artisticamente e emocionalmente. O resultado foi um show de criatividade, beleza e habilidades motora e artística. Participaram dessa oficina alunos de 4ª a 8ª séries das Escolas de Fazenda do Centro e São Manoel. Castelo/2011. Não se esqueçam de que tem fotos de alguns trabalhos lá no meu álbum virtual: www.flickr.com/photos/fotosquefiz. Olhem lá!

PRODUÇÕES TRIDIMENSIONAIS - ESCULTURAS DE BOMBONS/SÍMBOLOS PASCAIS

PRODUÇÕES TRIDIMENSIONAIS - ESCULTURAS DE BOMBONS/SÍMBOLOS PASCAIS
UM 2011 CHEIO DE EXPECTATIVAS! AS CRIAÇÕES ESTÃO A TODO VAPOR. OS MENINOS DE SÃO MANOEL E DA FAZENDA DO CENTRO ESTÃO PRODUZINDO ARTE COM MUITO ENTUSIASMO E DEDICAÇÃO! PARABÉNS! VOCÊS SÃO ARTISTAS. TEM MAIS IMAGENS DO PROCESSO DE PRODUÇÃO DAS ESCULTURAS DE BOMBONS LÁ NO MEU ÁLBUM VIRTUAL, O WWW.FLICKR.COM/PHOTOS/FOTOSQUEFIZ. DÊ UMA OLHADINHA! FOI UMA EXPERIÊNCIA NOVA QUE ENCANTOU AS CRIANÇAS E QUE FOI NO MÍNIMO DELICIOSA!!!!

Museu do Ipiranga

Museu do Ipiranga
São Paulo

Museu Afro Brasil

Museu Afro Brasil
Guernica de Pablo Picasso esteve aqui

Pinacoteca do Estado

Pinacoteca do Estado
Alfredo Volpi

Pinacoteca do Estado

Pinacoteca do Estado
Tarsila do Amaral

Invenções de Ben Heine

Invenções de Ben Heine
Criações com fotos, papéis e gafite. Incrível

Novos Cursos, Novos Saberes

Novos Cursos, Novos Saberes
Programa de Desenvolvimento do Artesanato Local

Páginas

Vivenciando a Arte de Ruy Cesar Babu

Vivenciando a Arte de Ruy Cesar Babu

Arte na mãos - Propaganda AT&T

Arte na mãos - Propaganda AT&T

Criação em ação - Guache e camurça

Criação em ação - Guache e camurça
Produzido em 2009 por Shayra Amadeu

Meus Mestres

Meus Mestres
Amores, Amizades e Aprendizado!

Minhas Experiências vivenciando as diferentes Linguagens Artísticas


Março/2009
Exposição em óleo sobre tela “Águas do Caparaó” do artista plástico

Ely Vicentini

Teatro Municipal de Guaçuí

Maio/2009
Amaro Lima em violão e voz

Teatro Municipal de Guaçuí

Maio/2009
Inauguração do Inst. Histórico e Geográfico de Guaçuí - Apresentação de danças afro-brasileiras (bate-flecha e caxambu)

Maio/2009
Exposição de óleos sobre tela da artista plástica Luiza de Marillac
Teatro Municipal de Guaçuí


Julho/2009
Espetáculo de dança do ventre – Espaço de Danças orientais Nilcélia Prates
Teatro Municipal de Guaçuí

Agosto/2009
Projeto Circulação Cultural – apresentação do violonista Moacyr Teixeira Neto – audição do seu repertório de músicas capixabas – Teatro Municipal de Guaçuí

Novembro/2009
2º festival da Canção da APAE de Guaçuí

Teatro Municipal de Guaçuí

Janeiro/2010
Projeto Residência - "Estórias de um povo de lá" - espetáculo inspirado nos contos de Guimarães Rosa apresentado pelo Grupo Gota, Pó e Poeira.

Janeiro/2010
Exposição das obras dos artistas guaçuienses (pintura, desenho e arte da fibra)

Teatro Municipal de Guaçuí/ES

Junho/ 2010
Mostra de Arte: "Ruy Cesar Babu Expõe"
Teatro Municipal de Castelo/ES

Outubro/2010

2ª Mostra Capixaba de Audiovisual Rural
Castelão- Castelo/ES

Novembro de 2010
29ª Bienal de Artes de São Paulo
"Há sempre um copo de mar para um homem navegar"
Roteiro Cultural
Museu Afro Brasil
Museu de Arte Moderna
Mercado Municipal Paulistano
Museu da Língua Portuguesa
Estação Pinacoteca
Museu do Ipiranga





















































Projeto Escola de Tempo Integral

Projeto Escola de Tempo Integral
Castelo/2010 - Saberes e Fazeres da Arte
Ocorreu um erro neste gadget

Sobre as Artes

"A arte é a assinatura da civilização."
(Beverly Sills)

"Os espelhos são usados para ver o rosto; a arte para ver a alma."
(George Bernard Shaw)

Pesquisar este blog

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Litografia


Litografia é um processo de gravura em plano, executada sobre pedra calcária (chamada pedra litográfica) ou sobre placa de metal (em geral, zinco ou alumínio), granidas, e baseado no fenômeno de repulsão entre as substâncias graxas e a água, usadas na tiragem, o qual impede que a tinta de impressão adira às partes que absorveram a umidade, por não teram sido inicialmente cobertas pelo desenho, feito também a tinta oleosa.
A pedra litográfica foi descoberta acidentalmente por um jovem ator que, com a idéia de economizar nos custos de gravação em folha ou chapa de cobre polida, tentou gravar usando uma pedra calcária polida que ele apanhou em uma rua em Munique, na Alemanha. Ele descobriu uma maravilhosa técnica de impressão, a qual logo foi usada por famosos artistas como Goya, e mais tarde Manet e Degas. Litografias estão sempre rodeadas de um certo misticismo...
O mais incrível...
Litografia é um processo de gravação QUÍMICA, ou seja, o que grava a pedra é a GORDURA e não o pigmento. Vejamos os passos:
– Granitar a pedra (calcária, que veio da Bavária etc) – É preciso adquirir a textura desejada, ou muito polida ou mais áspera... Granita-se com grãos de variados tipos, mais grossos, mais finos e por aí vai.
– Pedra já granitada, início da gravação – Para desenhar na pedra, é necessário um lápis gorduroso (litográfico, dermatográfico) que são bem parecidos com o lápis de olhos femininos e até pode usá-los – ou uma tinta gordurosa, como touche ou off-set.
– Feito o desenho, passa-se a goma arábica, espalhando-a UNIFORMEMENTE por toda a pedra com um pano tipo, Perfex. Ela não pode acumular em pontos da pedra, é preciso que fique bem espalhada. Ela serve para proteger as placas gravadas durante o processo de transferência da imagem, impedindo que a tinta preencha os espaços que se pretende deixar brancos.
– Depois disso, unta-se a pedra com BREU, que irá fixar a gordura do lápis ou tinta usada para o desenho, na pedra. Pode passar o Breu com uma trouxinha, batendo de leve. Depois retira suavemente com uma estopa o excesso.
– A parte mais legal – derrama-se querosene em cima da pedra, para retirar o pigmento do material usado para o desenho (lápis ou tinta), pois o que importa é a gordura que ficou na pedra e não o pigmento, portanto a cor do pigmento não importa nada, apenas para uma melhor visualização da imagem que está sendo gravada. A IMAGEM GRAVADA DESAPARECERÁ POR COMPLETO, da até medo.
– Hora de imprimir: A impressão é feita com tinta off-set, então estica-se a tinta com um rolo grande de couro em uma base de vidro limpo [ver processo de preparo da tinta]. Com uma espoja, umidece a pedra – ela precisa estar úmida para a água repelir a tinta (gordurosa) e ela só pegar onde tem gordura. Quando der a primeira passada com o rolo de tinta, a imagem voltará a aparecer...
Imprime 1 – as 1º sairão fracas, pois a gordura precisa ficar repleta de tinta, assim depois as impressões sairão mais fortes. E assim vai... umidece a pedra, passa a tinta e imprime, umidece a pedra, passa a tinta e imprime...
Adorei isso, rsrsrsrs!!
site pesquisado:
http://www.girafamania.com.br/artistas/pintura-litografia.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário